A história do runescape

Ir em baixo

A história do runescape

Mensagem  pked jgg1 em Seg Jul 19, 2010 6:42 am

RuneScape
Ele foi um jogo baseado num livro chamado cavaleiros da tavoa redonda...
O site levou se eu não me engano 6meses de programações
E hoje ele possui uma ampla equipe de adiministradores e moderadores, um deles é nome amigo carlosrefi =)
Criado pela jagex em 1999
Obs.: Dados tirados do Google não sei se é verdade oks


Última edição por pked jgg1 em Seg Jul 19, 2010 7:00 pm, editado 1 vez(es)
avatar
pked jgg1
junior legend
junior legend

Mensagens : 52
Data de inscrição : 19/07/2010
Idade : 29
Localização : Joinville-SC Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história do runescape

Mensagem  rxmorto em Seg Jul 19, 2010 6:55 am

bem explicado estas de parabens Smile
avatar
rxmorto
admistrador
admistrador

Mensagens : 55
Data de inscrição : 19/07/2010
Idade : 23
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário http://templarios.forum-canada.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história do runescape

Mensagem  carlosrefi em Seg Jul 19, 2010 4:25 pm

pked jgg1 escreveu:RuneScape
Ele foi um jogo baseado num livro chamado cavaleiros da tavoa redonda...
O site levou se eu não me engano 6meses de programações
E hoje ele possui uma ampla de adiministradores e moderadores, um deles é nome amigo carlosrefi =)
Criado pela jagex em 1999
Obs.: Dados tirados do Google não sei se é verdade oks
Laughing Laughing
Boa obrigado eu não sabia
avatar
carlosrefi
admistrador
admistrador

Mensagens : 23
Data de inscrição : 19/07/2010
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Meu que vergonha

Mensagem  pked jgg1 em Seg Jul 19, 2010 6:57 pm

Meu deus carlos
Como vc não conheçe a hitória do runescape o jogo de que você é moderador
omg assim tu me quebra mano
shauhsuahsa
Valeu
avatar
pked jgg1
junior legend
junior legend

Mensagens : 52
Data de inscrição : 19/07/2010
Idade : 29
Localização : Joinville-SC Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história do runescape

Mensagem  matheeus sz em Ter Jul 20, 2010 3:39 am

"dados tirados do google não se é verdade"

SOAKSOAKSOAKS
avatar
matheeus sz
junior legend
junior legend

Mensagens : 36
Data de inscrição : 20/07/2010
Idade : 21
Localização : Balneario Camboriu-SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

HISTÓRIA DOS DEUSES PRINCIPAIS E SECUNDÁRIOS

Mensagem  renanfra em Sex Jul 23, 2010 3:22 am

Deuses Principais

Guthix
Guthix é o Deus da tranqüilidade e do equilíbrio. O desejo de Guthix é único: igualidade total. Guthix não é homem nem mulher. Guthix é comumente referido como “ele” devido à predominância do masculino na língua portuguesa. Ele não é bom, nem mau, e se usa de ambos os lados para atingir o equilíbrio com os deuses.
Após encontrar o universo criado pelos Deuses Anciães, modelou Guilenor a seu desejo, e permitiu as raças que já viviam em Guilenor tomar seu próprio caminho, inclusive os, já existentes Dragonkin. Guthix então entrou num sono profundo, escondendo-se na Pedra Mística de Jas. Quando acordou, viu Saradomin e Zamorak destruindo Guilenor por causa das Guerras Divinas. Para impedir as guerras, Guthix proibiu os outros deuses de entrarem em Guilenor e renomeou a terra como RuneScape. Porém os seus adoradores ainda permaneceram em Guilenor , e as Guerras Divinas poderiam apenas acontecer na Dimensão dos Deuses. Após terminar as Guerras Divinas, Guthix entrou num estado depressivo a ponto de chorar. Suas lágrimas escorrem até hoje numa caverna(Lágrimas de Guthix), e têm propriedades curativas e até a capacidade de retornar vida aos mortos.
Guthix é comumente representado como uma caveira com cabelos flutuante, no entanto Guthix é um transmorfo, e pode tomar a forma que desejar. Surgiu como uma borboleta em Guilenor. Quando os humanos chegaram em Guilenor, ele apareceu como um homem. Apesar de Guthix não ter um símbolo, os seus adoradores utilizam uma cobra apontada para cima para representá-lo.
Evidências dizem que Guthix é o mais forte dos Deuses, seguido de Zaros. No entanto a comparação é impossível pois Guthix permanecia em seu sono durante o tempo que Zaros esteve em Guilenor.
Guthix é o único deus de Guilenor. Os outros vieram de outra(s) dimensão(ões). Ele dorme dentro dos planetas, e seu pensamento é “Equilíbrio é Poder”.

Saradomin
Saradomin é o Deus da "ordem, sabedoria e agrado" e é um dos deuses mais populares. Pouco se sabe sobre seu passado, porém ele tem vários adoradores, e há mais igrejas dedicadas a Saradomim do que a Zamorak. A maior parte de seus adoradores reside em Misthalin, Asgarnia, Kandarin e Entrana, porém há vários outros grupos em outras áreas. Ao contrário de Guthix ou Zamorak, seus adoradores consistem quase completamente em humanos. Seu símbolo é uma estrela de prata ou de ouro de quatro pontas.
Apesar de alguns o considerarem um deus bom, alguns de seus adoradores parecem não ser tão bons sob os olhos de outras pessoas. As pessoas devem notar que Saradomin sendo o Deus da Ordem (e não do Bem), significa que seus adoradores podem matar por um bem maior para a Ordem; apesar da maior parte das guerras instigadas por Saradomin possam ser descritas como tendo uma boa causa, a Igreja de Saradomin é de certa forma corrupta, levando a suspeitas nos ensinamentos de Saradomin, ou, pelo menos, nas interpretações destas.
É dito que Saradomin veio a Guilenor enquanto Guthix dormia, junto com Zaros, Armadyl, Mahjarrás e outras divindades. Ele se diz o criador do mundo (apesar das evidências mostrarem Guthix como o criador), mas afirma que apenas modelou Guilenor, e que Guthix havia simplesmente criado-a. Diz-se também que o primeiro local onde Saradomin pôs os pés na terra foi na ilha de Entrana, sendo hoje considerada um local sagrado.
Na segunda era, os territórios de seus adoradores eram a Hallowland, com sua capital Hallowvale na parte sul do que hoje é a Morytania, algumas cidades do deserto kharidiano, e algumas áreas da atual Kandarin. Quando o império de Zaros atingiu seu pico, o Cajado de Armadyl foi roubado dele por um explorador saradominista. Ações tanto dos adoradores de Saradomin quanto de Zamorak (que na época ainda era um mahjarrá) levaram à queda de Zaros, e à ancesão de Zamorak à condição de Deus. Saradomin participou, junto com Zamorak, da caça aos seguidores de Zaros, porém Zamorak se voltou contra Saradomin, dando início assim às Guerras Divinas. Acredita-se que Saradomin deu suporte a Zamorak para que este destruísse Zaros, e deu-lhe mais poder, não prevendo que Zamorak se viraria contra ele.
No início das Guerras Divinas, mesmo após Zamorak ter se virado contra Saradomin, este cooperou com Zamorak para banir os remanescentes adoradores de Zaros. Conforme as Guerras Divinas progrediram, muitos outros deuses como Bandos e até mesmo Armadyl entraram na guerra com seus próprios propósistos. Até hoje, alguns seguidores de Armadyl, que era amigo de Saradomin lutam contra os seguidores de Saradomin.
As Guerras Divinas vieram ao fim quando Guthix acordou. Os seguidores de Saradomin já se consistiam de humanos quase por completo. Nas segunda e terceira eras, ele também foi adorado por uma raça habitante de Hallowvale chamada Iceyne.

Zamorak
Zamorak nem sempre foi um deus. Já foi mortal. ele veio da dimensão de Freneskae, e era liderado por Icthlarin, apesar de ter se aliado a Zaros.
Era o general mahjarrá do grande exército do deus Zaros, até que ele e alguns dos seus seguidores mais próximos decidiram se rebelar. Usando o Cajado de Armadyl, Zamorak pôde atingir Zaros pelas costas enquanto seus seguidores (Hazeel, Drakan, Zemouregal, Viggora e outros) lutavam contra os protetores de Zaros. Apesar de Zamorak ter sucedido em atingir Zaros com o Cajado, isso só tornou Zaros mais irritado.
No entanto, Zaros tropeçou e caiu sobre Zamorak, também impalando-o com o Cajado. Isso permitiu que o poder de Zaros fosse transmitido para Zamorak através do Cajado, e Zaros simplesmente deixou de existir, amaldiçoando todos os humanos envolvidos a serem fantasmas para o resto da enernidade, e Zamorak se tornou um deus. Os outros deuses o baniram, porém ele retornou triunfantemente acreditando que com Zaros fora do caminho, poderia conquistar Guilenor. Os outros deuses declararam guerra contra ele e os remanescentes adoradores de Zaros, e as Guerras Divinas começaram.

Deuses Secundários


Armadyl
Armadyl é o Deus da Pureza. No entanto Armadyl, e Saradomin, que acredita-se que seja seu sucessor, são aliados, ao contrário de Zaros e Zamorak. Adoração a Armadyl é restrita devido aos guardiões do Cajado de Armadyl. Não se sabe porque o número de adoradores diminuiu tanto, pois Armadyl não perdeu território tão facilmente quanto, Zaros, por exemplo. É possível que seus seguidores passaram para o Saradominismo, por serem parecidas, ou se extinguiram como a raça Aviante. Esses eram as criações mais favoritas de Armadyl, apesar de não se ter conhecimento de outras. Os Avianteses foram desginados a tomar conta de seu Cajado, junto com outras relíquias.

Bandos
Bandos, também conhecido como o Grande Deus da Guerra, Deus Goblin ou Goblin dos Céus é o Deus da Guerra, e divindade de muitas raças menos inteligentes como goblins e ogros, apesar de orks e ogros saberem seu nome real. Até pouco tempo, Bandos não era conhecido pelos humanos de Guilenor devido ao seu desaparecimento durante as Guerras Divinas. Recentemente tentou reaver seu poder junto aos goblins, e para isso, tentou utilizar-se da personagem Zanik dos Goblins de Dorgeshuun. No entanto, sua tentativa foi frustrada, e um dos poucos itens remanescentes que ligavam Bandos a Guilenor foi destruído.

Marimbo
Marimbo é o deus patrono dos macacos. Foi uma vez o animal de estimação de um deus (acredita-se que de Guthix), e uma vez viu uma poção feita pelo seu mestre e a bebeu, ganhando assim grande saberoria. Por causa disso, ele seguiu para uma ilha, hoje chamada de Atol dos Primatas, onde ele se tornou líder dos macacos lá. A cidade Marim, no Atol tem esse nome em homenagem a ele, e é o único lugar de adoração lá. Acredita-se que seu crânio encontra-se nas catacumbas do tempo, guardada por macacos zumbis. No entanto, não há modo algum de se obter o crânio para estudo, logo as afirmações são infundadas.

Seren
Seren é considerada a Deusa dos elfos, apesar que ela pode ser considerara o aspecto divino do Anima Mundi. Acredita-se que ela inspirou os elfos a construírem a cidade de Prifddinas do jeito que é, de modo que pudessem se comunicar, se defender e prosperar. Ela também foi a provedora do arco e escudo de cristal. Ela aparenta estar em todos os cristais élficos. Há apenas um altar conhecido à Seren, parecido com os a Saradomin, porém de madeira, e sem símbolos divínos.

Zaros
Acredita-se que Zaros seja o Deus do Puro Mal, apesar de haver provas de que ele pode não sê-lo.
Zaros também é reconhecido como o Deus dos Feitiços Anciãos, ou o Lorde Vazio. Zaros existiu após o sono de Guthix e antes das Guerras Divinas, logo Guthix e Zaros tinham pouco conhecimento um do outro. Zaros já liderou a tribo dos Mahjarrás, vinda da dimensão de Freneskae, um plano de contínua batalha, mas foi traido e eliminado pelo seu general Mahjarrá, Zamorak.
Até hoje seu legado ainda é forte, pois Saradomin não menciona nada sobre ele, e Zamorak ainda o teme.

Textos retirados do Wikipédia.
avatar
renanfra
junior legend
junior legend

Mensagens : 29
Data de inscrição : 19/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A história do runescape

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum